Bancos de afeto

Estamos há mais de um ano sem aparecer por aqui, a vida e suas urgências nos demandaram muito em 2018. Mas neste lapso, recebemos muitos bancos afetivos enviados por amigos. É muito gratificante ver que um projeto de arte pode ser construído coletivamente.

Este primeiro banco foi enviado por Maria Loureiro, de Belo Horizonte:

E este por Maria Thereza Soares, de São Luís do Maranhão:

 

Comments are closed.

®2011-2017
Isabel Löfgren & Patricia Gouvêa