Bios

Isabel Löfgren é uma carioca nascida na Suécia em 1975. Seu interesse particular está em revelar, através de meios artísticos visuais e/ou literários, o lado afetivo de espaços públicos a partir de sua composição material e simbólica, com atenção especial à espacialidade da circulação da informação e os meios de comunicação na cidade. Com o projeto Banco de Tempo, teve a oportunidade de continuar sua trajetória artística em projetos de interlocução entre a arte, a subjetividade humana e a cidade. Desde 2003 participa em diversas exposições coletivas e individuais no Brasil e na Europa, e fez parte do coletivo Grupo DOC (Desordem Obsessiva Compulsiva) de 2005 a 2009 com os artistas Patricia Gouvêa, Marco Antonio Portela e Mauro Bandeira, promovendo dezenas de ações no Brasil e no exterior. Mora em Estocolmo desde 2011 onde criou e executou os projetos Satellitstaden, e Ö – An Archipelago Odyssey (em parceria com Vision Forum).

www.isabellofgren.com

 

 

Patricia Gouvêa nasceu em 1973 no Rio de Janeiro, onde reside. Artista visual, trabalha com fotografia, vídeo, instalação e intervenção urbana. Seu trabalho prioriza a fotografia e a imagem em movimento e suas possíveis interfaces, onde a noção de tempo constitui um dos principais eixos de pesquisa. Entre 2005 e 2009 fez parte do coletivo Grupo DOC (Desordem Obssessiva Compulsiva), que promoveu dezenas de ações no Brasil e no exterior. Publicou os livros  “Membranas de Luz: os tempos na imagem contemporânea” (2011) e Imagens Posteriores (2012), e participou de muitos outros. Foi uma das fundadoras da Agência Foto In Cena (1995/98) e do Ateliê da Imagem (1999), espaço cultural dedicado à pesquisa, reflexão e produção da imagem no Rio de Janeiro, no qual atuou como diretora artística até dezembro de 2013.

 

www.patriciagouvea.com

 

 Isabel Löfgren is a carioca born in Sweden in 1975. She is particularly interested in displaying, through visual and/or literary mediums, the subjective aspect of public spaces based on their material and symbolic composition, with special attention to the spatiality of information transmission and communication media in the city. The Benches of Time project gave her the chance to continue her artistic practice in projects that establish a dialogue between art, human subjectivity and the city. Since 2003 she has participated in dozens of group shows internationally, and solo shows in Brazil and Europe, and was part of the artist’s collective DOC from 2005-09 with the artists Patricia Gouvêa, Marco Antonio Portela e Mauro Bandeira with exhibitions and urban intervention projects in Brazil and abroad. She lives in Stockholm since 2011 where she created and executed the artistic research projects Satellitstaden, and Ö – An Archipelago Odyssey (in collaboration with Vision Forum).

www.isabellofgren.com

Patricia Gouvêa was born in 1973 in Rio de Janeiro, where she lives. She works with photography, video, urban installation and intervention. Her main focus is on photography, moving images and its possible interfaces. The notion of time is the core of her research. Between 2005 and 2009 she was a member of the art collective Grupo DOC (Obsessive Compulsive Disorder) which promoted dozens of actions in Brazil and abroad. Patricia has two books published about her work: Membranas de luz: os tempos na imagem contemporânea (2011), and Imagens Posteriores (2012). She has also participated in several other publications. Patricia is a co-founder of Agência Foto In Cena (1995/98) and also Ateliê da Imagem (1999), a cultural space focused on image research, critical reflection and production, located in Rio de Janeiro, where she worked as artistic director up to December 2013.

www.patriciagouvea.com

®2011-2017
Isabel Löfgren & Patricia Gouvêa